Home office: como não misturar vida pessoal e profissional?

Home office: como não misturar vida pessoal e profissional?

19/08/2020 0 Por Jaqueline Reis

Muitos “privilegiados” (como eu) que precisam ficar em casa – por ser do grupo de risco ou por opção da empresa diante da situação do mundo – têm a oportunidade de continuar trabalhando durante a pandemia em funções que permitem o Home Office.

Como foi essa adaptação para você? Deixar a empresa onde tinha computador, telefone, cadeira minimamente confortável, recursos… para trabalhar em casa – local onde geralmente você tem momentos de prazer, descanso, cuidados e não a correria para cumprir deadlines.

Para mim, foi muito difícil! Já havia feito freelas para internet de casa, mas nunca a minha função principal. Oito horas de trabalho, sozinha, em casa, dependendo de outras pessoas para coisas simples. Foi um choque!

Depois de alguns meses consegui me adaptar, mas ainda não é fácil. Imagino que outras pessoas enfrentem complicações. Por exemplo, achar que por estar em casa você pode passar do horário ou começar mais cedo.

Mas como não misturar? Como evitar uma rotina conturbada? Como cuidar da casa, fazer comida, ir a academia, resolver problemas pessoais e curtir a sua vida normal (haha) trabalhando de casa sem medo de ser demitida?

Ainda não sei! haha Por isso, Felipe Felix – analista de Marketing da Provi* traz dicas valiosas para mantermos o equilíbrio entre vida pessoal X vida profissional.

4 DICAS PARA MANTER O EQUILÍBRIO

1 – Não idealize o equilíbrio entre vida pessoal e profissional

Quando pensamos nesse famoso “equilíbrio pessoal e profissional” parece que isso é algo perfeito e bem definido. Não é.
Não espere pegar as horas do seu dia e dividir exatamente no meio, deixando 12 horas em que você vai estar no seu pico de produtividade e 12 horas em que trabalho não vai nem passar pela sua cabeça — isso dificilmente vai se realizar ou se manter ao longo do tempo.

O importante aqui é ser consciente sobre como você está se sentindo a cada momento e fazer um planejamento realista para equilibrar todas as suas atividades. Muito provavelmente você vai precisar trabalhar mais em alguns momentos, enquanto em outros você vai conseguir parar mais cedo sem se preocupar.

Não deixe que “atingir o equilíbrio” se torne mais uma fonte de ansiedade e estresse para a sua vida, fazendo com que cada dia fora do equilíbrio seja um sofrimento. Você não vai conseguir ter controle total sobre tudo o que acontece na sua vida, então entenda seus limites e necessidades ao longo do tempo para poder achar o equilíbrio no longo prazo.

2 – Encontre um trabalho que faça sentido para você

Todo mundo tem contas para pagar, mas não é por isso que você deve se sujeitar a um trabalho que você odeia por toda a sua vida. Achar um trabalho que satisfaça seus interesses e sentimento de realização profissional é importante para levar uma vida mais leve e feliz.
Aqui também é importante não idealizar essa questão, porque no fim das contas trabalho é trabalho, então não espere que todos os seus dias sejam flores e você atinja extremo prazer em toda e qualquer atividade que apareça na sua frente.

3 – Evite misturar vida pessoal e profissional

A chave aqui é comunicação e organização. Entenda quais são as demandas da equipe para poder organizar sua própria rotina e então deixe claro e bem explicado para todas as pessoas com quem você precisa interagir no trabalho em quais momentos você estará ou não disponível — e cumpra essa disponibilidade.
Quando for hora de trabalhar, evite distrações e foque em resolver todos os assuntos pendentes para não gerar gargalos nas suas próprias atividades e até mesmo nos assuntos em comum de toda a equipe ou empresa. Organize sua rotina para aproveitar seus momentos de maior produtividade quando estiver trabalhando.
Da mesma forma, quando estiver fora do horário de trabalho tente desligar completamente os assuntos profissionais e focar em outras atividades. Passe um tempo com sua família e amigos, faça exercícios físicos, leia livros, assista séries, se envolva em qualquer atividade que faça você se sentir bem e não deixe o trabalho entrar no meio disso.
Vale lembrar: não idealize esse equilíbrio. É claro que podem surgir urgências em que você vai ter que resolver algo fora do horário de trabalho, mas isso deve ser a exceção, não a regra.

4 – Comece.

Não queira mudar toda a sua vida do dia para a noite, então invista um tempo para refletir sobre todos os pontos apresentados nesse texto e comece a fazer pequenas adaptações no seu dia para melhorar o equilíbrio pessoal e profissional aos poucos.

.

Eu estou sobrevivendo. haha Sigo tentando o equilíbrio aqui em casa. Mas sei que muita gente está curtindo trabalhar em casa. Como foi pra você? Conta aqui nos comentários!

.

*Provi – Fintech fundado no fim de 2018 que traz soluções para viabilizar o acesso à educação e especialização em diversos mercados como Tecnologia, Marketing, Mecânica e Medicina.