Os encantos da “Cidade Maravilhosa”

Os encantos da “Cidade Maravilhosa”

02/03/2016 5 Por Jaqueline Reis

 

“Cidade maravilhosa, cheia de encantos mil. Cidade maravilhosa, coração do meu Brasil.” Como disse o sábio compositor André Filho, o Rio de Janeiro é a “terra que a todos seduz”. E se eu pudesse, viajaria TODOS os finais de semana para cidade que ontem completou 451 anos. A beleza natural de lá é realmente incrível. Além das praias mais badaladas, que todo mundo já conhece, meus lugares favoritos são a Lagoa Rodrigo Freitas e o Parque Henrique Lage.

 

lagoa-rodrigo-freitasvista-noturna-lagoa

A lagoa é o lugar perfeito para andar de bicicleta, caminhar, correr, ver o pôr-do-sol… À noite, a água vira um espelho. Na beira tem um restaurante árabe com a luz baixa (clima perfeito pra casais), velas nas mesas e a comida é muito boa.

 

 

 

O Parque Lage fica no bairro Jardim Botânico, aos pés do Corcovado. Dá pra fazer trilhas, caminhada, piquenique e apreciar a mansão dos Lage. Inclusive meu SONHO é casar naquele lugar. haha

O lindo casarão – onde hoje funciona uma Escola de Artes Visuais – foi reformado por um arquiteto italiano em 1920 e é aberto à visitação. Na área interna tem uma piscina a céu aberto e um restaurantezinho bem “dixcolado”. O jardim é enoooorme e ótimo pra tirar fotos. Fica grudadinho ao Jardim Botânico. Vale a pena a visita!

 

 

923939 parque-lage-foraParqueLage-CCBY

 

 

 

 

 

 

Além dos lugares que mais amo, preparei uma listinha do que você não pode perder:

  • Café da tarde na Confeitaria Colombo, dentro do Forte de Copacabana (ótimo, apesar da fila de espera)
  • Passeio de trenzinho no Morro do Corcovado apreciando o Parque Florestal da Tijuca até o Cristo Redentor
  • Tirar várias fotos na Pedra do Arpoador
  • Andar de bike da Praia do Leme até o mirante do Leblon pra ver o pôr do sol do (tudo bem se, como eu, você levar um dia inteiro pra fazer isso haha)
  • Conhecer o centrão a pé – o Largo da Carioca é interessante

.

A única coisa que ainda me incomoda no Rio de Janeiro é o atendimento nos restaurantes. Os garçons se escondem, os funcionários não te cumprimentam com um sorriso e não fazem questão nenhuma de te acompanhar até a mesa ou sugerir pratos. É claro que se você se hospedar em um hotel bacana e fazer todas as suas refeições lá as chances de ser mal atendido são mínimas. Eu recomendo o Pestana Rio Atlântica.